Fotógrafo é morto após pedir silêncio a traficantes para filha dormir

Vítima foi atingida por um tiro quando tentava pedir pela segunda vez que os vizinhos diminuíssem o som

Fotógrafo é morto após pedir silêncio a traficantes para filha dormir
Tiago Freitas de 32 anos — Foto: Arquivo Pessoal

Um fotógrafo, de 32 anos, foi morto ao pedir silêncio a traficantes para a filha dormir, em Niterói. Segundo a esposa, ele solicitou que os vizinhos diminuíssem o som, mas acabou assassinado com um tiro na cabeça.

$ads={1}

O enterro do rapaz aconteceu na segunda-feira (17), no Cemitério Nossa Senhora da Conceição. Segundo a esposa de Thiago Freitas, ele teria pedido duas vezes para que os vizinhos diminuíssem o som. Na segunda tentativa, ele teria sido acertado por um tiro. 

A esposa o encontrou caído, no quintal de casa. Thiago chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

$ads={2}

Com informações do Jornalismo SBT

Inscreva-se no canal do Mídia em Ação no Youtube e visite as nossas páginas no Facebook, Twitter, Instagram e Vimeo!

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE