Bebê espancado pelo pai por não parar de chorar recebe alta após 2 meses internado

O pequeno Dominick, de 4 meses, ficou internado por mais de 60 dias. A criança está sob os cuidados dos tios e avós

Bebê espancado pelo pai por não parar de chorar recebe alta após 2 meses internado
Dominick, de apenas quatro meses de idade — Foto: Reprodução

Um bebê de quatro meses espancado pelo pai recebeu alta nesta quinta-feira (10/6) após ficar dois meses internado. Dominick chegou ao hospital em Campo dos Goytacazes (RJ) em estado grave. À polícia, o pai disse que agrediu o recém-nascido porque ele não parava de chorar.

$ads={1}

Os pais foram presos. O homem vai responder por agressão; a mãe, por omissão.

Dominick chegou a ser intubado, mas se recuperou. O tio da criança, Agnaldo Rangel, compartilhou constantemente nas redes sociais atualizações sobre o estado de saúde do bebê.

“É lastimável o que eu vivenciei hoje, um covarde que se diz pai e uma ‘FDP’ que se diz mãe. Pensamos sempre que isso acontece na TV […] nunca imaginamos que isso aconteça dentro da nossa família, peço a todos oração para nosso sobrinho Dominick”, declarou ele.

O pequeno Dominick ficou internado por 69 dias, dos quais 55 em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele chegou a perder um dos rins. Após receber alta, o bebê voltou para casa e irá ficar sob os cuidados dos avós e dos tios. Uma das tias, Jaesia de Souza, está em contato com o Conselho Tutelar para ficar com a guarda do pequeno.

“A gente está saindo de um pesadelo e entrando em um sonho. Se Deus quiser, só vai ser coisa boa para o Dominick. Ele vai sofrer mesmo só pelo nosso Vasco”, disse, aos risos, Rangel.

$ads={2}

Com informações do Metrópoles 

Inscreva-se no canal do Mídia em Ação no Youtube e visite as nossas páginas no Facebook, Twitter, Instagram e Vimeo!

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE