Facebook SDK

José ajuda o hospital há mais de sete anos e é uma das fontes de renda do local

Catador junta R$ 140 mil vendendo latinhas e doa para hospital que trata de câncer
As fontes de renda mais importantes da instituição são os leilões de gado e as doações do catador — Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal

Aos 59 anos, o catador de recicláveis José Carlos leva amor, solidariedade e esperança ao próximo. Ele ajuda o Hospital de Amor, que trata pacientes com câncer, há mais de 7 anos. No período, já doou aproximadamente R$ 140 mil.

$ads={1}

Veja também

José mora em Cabixi, no interior de Rondônia e tudo começou em 2013, quando ele teve um problema de saúde e precisou se consultar com um cardiologista. Ele foi orientado a fazer caminhadas e seu novo hábito se tornou uma rotina. E em uma dessas caminhadas sentiu o desejo de ajudar o hospital e começou a juntar latinha.

Catador junta R$ 140 mil vendendo latinhas e doa para hospital que trata de câncer
José se tornou o maior doador do Hospital — Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal

Continua depois da publicidade


Desse dia em diante ele se tornou o maior doador do Hospital. As fontes de renda mais importantes da instituição são os leilões de gado e as doações do catador.


DOAÇÕES

A primeira doação em 2013 foi de R$ 7 mil e ao longo dos anos foi subindo e chegou a R$18 mil. A última foi uma das maiores, de R$ 41,3 mil. Tudo começou com uma iniciativa própria, mas se espalhou e virou campanha que conta com vários moradores da cidade.

$ads={2}

Com informações do Razão para Acreditar

Inscreva-se no canal do Mídia em Ação no Youtube e visite as nossas páginas no Facebook, Twitter, Instagram e Vimeo!

Deixar comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Continua depois da publicidade

Publicidade