Facebook SDK

A mulher de 93 anos despertou após oito horas de cerimônia no seu velório.

Idosa "acorda" durante o próprio velório e assusta familiares
Foto: Ilustrativa/ Pexels

Um caso inusitado foi registrado na cidade de Guiratinga, interior do Mato Grosso. A idosa Carolina Lopes de Almeida, de 93 anos, "acordou" no próprio velório após oito horas de cerimônia. Ao despertar, a mulher assustou os familiares e quem estava presente no cemitério.

$ads={1}

Dona Caluzinha, como era conhecida, estava com a temperatura corporal mais alta do que o comum. Foi então que decidiram chamar um médico, que constatou que ela estava com sinais vitais. A idosa foi levada ao Hospital Municipal Oswaldo Cruz e, apesar de ter recebido atendimento, ela foi novamente dada como morta pela unidade de saúde.

A idosa foi sepultada no domingo (9) e a história ganhou repercussão após ser comentada pelo ator e comediante Ataíde Arco Verde, que mora na cidade. “Oito horas depois do velório rolando, dona Caluzinha está quente. Aí alguém olha para dona Caluzinha, eis que ela abre o olho e dá uma piscada. Bom, nem preciso falar para vocês, a metade correu do velório e a metade correu para ver se dona Caluzinha estava mesmo viva”, contou.

Continua depois da publicidade


ATENDIMENTO MÉDICO

O site Repórter MT informou que uma equipe médica chegou a fazer manobras de ressuscitação no corpo, mas não conseguiram fazer com que a idosa recobrasse a consciência. Por volta das 19h do domingo a idosa os profissionais constataram o óbito, mas não esclareceram as possíveis causas da confusão.

Segundo o portal, a idosa conviva com o mal de Alzheimer há cerca de 20 anos e tinha a saúde debilitada. A família não divulgou a causa da morte da idosa e informou que prefere não dar entrevistas.

$ads={2}

Com informações do NE10 Inteior

Inscreva-se no canal do Mídia em Ação no Youtube e visite as nossas páginas no Facebook, Twitter, Instagram e Vimeo!

Deixar comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Continua depois da publicidade

Publicidade