Policial Militar é condenado por estupro de jovem de 18 anos, em Garanhuns

Segundo os autos, ele teria abordado uma mulher de 18 anos com um soco, depois uma gravata que a fez desmaiar e a estuprou posteriormente.

Policial Militar é condenado por estupro de jovem de 18 anos, em Garanhuns
Foto: Ilustrativa/ Internet

Foi condenado a 09 (nove) anos e 06 (seis) meses de reclusão por estupro e ameaça um cabo da PM, residente em Garanhuns, que era lotado na 11ª Cia de PM de Lajedo.

Ainda segundo os autos o homem teria colocado a vítima amarrada no carro e a levou para outro local onde fez fotos íntimas dela e praticou ato libidinoso diverso da conjunção carnal.

O cabo está preso desde maio deste ano após ter passado um ano foragido e deve cumprir a pena inicialmente em regime fechado.

Exames de DNA colaboraram com a elucidação do fato. Informações constantes na sentença de condenação, a que o portal teve acesso, afirmam que a mulher foi abordada quando saia de uma igreja no dia 29 de abril de 2020 em Garanhuns.

O juiz também considerou o crime hediondo, contribuindo isso para a fixação da pena ao militar, e determinou que a Polícia Militar de Pernambuco exclua o cabo de sua corporação. Ele também fixou uma indenização de 50 mil reais à vítima a ser paga pelo sentenciado. A decisão da Justiça data de 24 de novembro.

FUGA

Logo após a decretação de sua prisão, o militar conseguiu fugir da PRF. Ele passou um ano foragido até ser preso em maio deste ano. Em agosto de 2020, a Delegacia da Mulher chegou a enviar uma nota a imprensa pedindo para a população ajudar a localizar o foragido.

Com informações do V&C Garanhuns

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE