Facebook SDK

Pessoas que ajudaram no resgate utilizaram as mãos e enxadas para retirar o animal

Cachorro enterrado vivo é encontrado com ajuda de cadela
Foto: Reprodução/ Internet



Um vídeo comovente está circulando nas redes sociais. Um cachorro enterrado vivo em Balneário Rincão, no sul de Santa Catarina, foi encontrado no último sábado (29) por um voluntário da ONG Organização Protetora dos Animais (OPA).

Em entrevista para o UOL, a presidente do grupo, Mila Duarte, afirmou que ele escutou os gemidos do cachorro. "Ele viu uma cachorrinha cavucando insistentemente no chão e, quando chegou perto, se deparou com outro cão enterrado", disse.

$ads={1}
No início do vídeo, que tem pouco mais de três minutos, só é possível enxergar a cabeça do animal que chora, enquanto o corpo está enterrado. Mila acredita que a cadelinha tenha aberto o buraco para o "amigo" respirar e sobreviver.

O voluntário chamou uma mulher da vizinhança para ajudar e ela chega a dizer na gravação: "Misericórdia, pensei que isso era só na internet" e "isso não pode acontecer, de enterrar o bichinho vivo". Ambos usam as mãos e uma enxada para retirar o animal que, fora da terra, aparece tremendo e aparentemente com medo.

A presidente da entidade acredita que o animal tenha ficado enterrado mais de 24 horas já que a terra estava dura na volta do animal. "O rapaz que resgatou disse que ele tinha muita fome e muita sede", disse. O voluntário que localizou o animal manifestou vontade de ficar com o cachorro, que ainda não tem nome.

Um dia após o acontecido, integrantes da ONG registraram um boletim de ocorrência na polícia.


Com informações da FolhaPE

Inscreva-se no canal do Mídia em Ação no Youtube e visite as nossas páginas no Facebook, Twitter, Instagram e Vimeo!

Deixar comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Continua depois da publicidade

Publicidade