Facebook SDK

“Esse é o IGTV (vídeo) mais difícil e mais importante que já fiz na minha vida”, assim começa a narrativa do humorista Evandro Santo sobre o problema que está enfrentando com o vício de drogas.

Evandro Santo, ex-‘Pânico’, assume vício em drogas: ‘Saindo do armário’
Foto: Reprodução

Aos 46 anos de idade, esta é a quinta vez que ele é internado em uma clínica de reabilitação, mas somente agora decidiu tornar a questão pública.

$ads={1}

Com um vídeo no Instagram, o ex-integrante do programa Pânico, da Jovem Pan, contou que experimentou bebida alcoólica pela primeira vez aos 25 anos de idade. “Tomei três caipirinhas de kiwi no Rio de Janeiro. Lembro porque eu levei um chifre de um cara que eu gostava. Frustração é gatilho, viu, atenção! Eu não consegui lidar com a rejeição e aí tomei três caipirinhas. Fiquei bêbado, mas não me pegou”, lembra.

Evandro conta que saiu de casa cedo: “Já era gay, filho de mãe solteira e sabia que consumir drogas não iria contribuir para meu desenvolvimento. Mas, um dia, numa balada, um amigo meu estava usando um ecstasy e pedi. Eu tinha 29 anos. Comecei a tomar uma vez por ano e estava ótimo. Pensava, ‘Deus vai perdoar’. Eu olhava para os outros e pensava: ‘Ai, que horror o ‘craqueiro’, quem usa cocaína, o preconceito estava em mim”.

O humorista disse que, com o passar do tempo, não deu conta das demandas emocionais da vida. “Eu levava tudo no peito e acabei começando a usar, de 2014 a 2020. Estou na quinta internação na clínica de um amigo meu. Eu achava que poderia parar de usar a ketamina sozinho. Aí recaí, fui internado por um mês”, afirmou.

A ketamina é uma droga utilizada como anestesio em cavalos e é usada e comercializada em festas e que causa efeitos semelhantes ao consumo de LSD.

Evandro Santo contou também que está escrevendo um livro sobre a jornada dele em busca da reabilitação. “Sim, sou doente. Sim, sou adicto. Sim, preciso de ajuda. é a primeira vez que interno voluntariamente”, declarou.

O artista, que tem diagnóstico de hiperatividade e transtorno bipolar, está estudando sobre saúde mental para entender os motivos da dependência e como seguir daqui para frente.

“Assumindo o BO. Saindo do armário do meu problemas com drogas. Que este vídeo te ajude a também a lidar com os seus problemas ou sua saúde mental”, escreveu na legenda da postagem que fez no Instagram.


$ads={2}

Com informções do Estadão Conteúdo

Inscreva-se no canal do Mídia em Ação no Youtube e visite as nossas páginas no Facebook, Twitter, Instagram e Vimeo!

Deixar comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Continua depois da publicidade

Publicidade