Facebook SDK

Nos vídeos, Pamella Holanda, leva chutes, socos e tem os cabelos puxados, inclusive da frente da filha do casal, de 9 meses.

Ex-mulher de DJ Ivis expõe vídeos de agressões que sofreu do cantor
Pamella e Ivis — Foto: Reprodução/ Instagram

A divulgação das agressões aconteceu neste domingo (11), a ex-mulher do Iverson de Souza Araújo, de 29 anos, o DJ Ivis, divulgou em seus stories vídeos em que mostram as sequencias de agressões contra ela dentro de casa. Cenas explicitas de violência, na frente de outras pessoas e a filha do casal, uma bebê de 9 meses. Ela também relatou, que começou a ser agredida quando já estava grávida, em 2020.

As imagens das agressões também foram repassadas ao colunista Léo Dias, do portal Metrópoles. O cantor teria agredido a ex-mulher no começo do mês e teria a ameaçado com uma faca. Ivis e Pamella foram levados a uma delegacia no Ceará, mas o músico não chegou a ser preso.

$ads={1}

Tentou se justificar

Em seus stories no Instagram ele tenta justificar que os vídeos divulgados por Pâmella estavam cortados e fora de contexto. Também mostrou um print de um boletim de ocorrência contra a ex-mulher, por não aceitar o fim do relacionamento e "por inúmeras vezes" havia ameaçado se matar ou desaparecer com a filha deles.

"Eu já tive que me embolar no chão com ela, com a mãe dela, com a minha empregada, pra ela não se jogar do hall do 10º andar. Vocês não sabem o que é isso. (...) Eu não aguentava mais chantagem não, cara", contou o DJ.

Demitido

Ivis também deixa de ser o produtor do cantor Xand Avião, que já o acompanha desda banda Aviões do Forró. Ao se lançar como artista, o DJ teve o apoio do músico, e alcançou sucesso nacional com as músicas "Volta Bebê, Volta Neném", "Esquema Preferido" e "Galega".


Xand comunicou através das suas redes sociais, o desligamento de Ivis do seu escritório de agenciamento de artistas e shows, VYBBE.


Tentativa de censurar o caso

O advogado do DJ teve um pedido negado pela juíza Maria José Sousa Rosado de Alencar, da Comarca de Fortaleza, o pedido era para remover o conteúdo que mostra ele agredindo a ex-mulher. Além da remoção do vídeo, o musico queria que a vítima fosse proibida de falar sobre o caso com a imprensa, "principalmente onde citem a filha menor".

Na decisão a juíza afirmou que, "impossível analisar o pedido, além do que a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria afronta ao direito fundamentada livre expressão da imprensa". E ainda disse que não verificou no conteúdo divulgado "qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão".


Famosos repudiaram as agressões

Após a repercussão das imagens das agressões nas redes sociais, famosos decidiram falar sobre o assunto e apoiar Pamella. Confira as publicações abaixo.







$ads={2}

Inscreva-se no canal do Mídia em Ação no Youtube e visite as nossas páginas no Facebook, Twitter, Instagram e Vimeo!

Deixar comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Continua depois da publicidade

Publicidade