Facebook SDK

Um britânico foi morto por um tubarão-branco quando nadava no mar. Sua esposa e seus filhos assistiram ao ataque da areia, na manhã de sábado (6/10).

Homem é morto por tubarão-branco de mais de 4 metros ao praticar natação em praia
Foto: Ilustrativa/ Piqsels

O corpo desapareceu. Equipes realizam buscas no local. Por enquanto só foram achados os óculos de natação da vítima. As praias da região foram fechadas para banhistas.

Paul Millachip, de 57 anos, estava no mar na região de Austrália Ocidental, onde nadava frequentemente quando foi atacado por um tubarão que, segundo testemunhas, tinha mais de 4 metros de comprimento.

Sua esposa, que também é britânica, descreveu o companheiro, com que teve dois filhos, como "um homem e um pai maravilhoso". De acordo com o o canal 9News, um tubarão de grande porte foi visto na água antes de Paul ser atacado.

Homem é morto por tubarão-branco de mais de 4 metros ao praticar natação em praia
Paul Millachip e a esposa — Foto: Reprodução

A mulher da vítima declarou que o ataque em Port Beach, em Fremantle, "veio do nada", contou o o site "news.com". Ela acrescentou que um grupo de adolescentes que viu o que estava acontecendo correu para o mar para alertar outros nadadores sobre o perigo. A mulher definiu a experiência como "totalmente aterrorizante".

"Descanse em paz, Paul", disse ela, contendo as lágrimas enquanto falava à mídia, emendando: "Ele morreu fazendo o que mais gostava de fazer, que era se exercitar."

Com informações do R7

Deixar comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Continua depois da publicidade

Publicidade