Facebook SDK

Vítimas estavam trabalhando no momento do crime que aconteceu no dia 7 de junho

Suspeitos de matar funcionário da Celpe e deixar outro ferido são presos
Funcionário da Celpe assassinado — Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) prendeu dois suspeitos de estarem envolvidos na morte de um funcionário da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), e na tentativa de homicídio contra um outro funcionário da companhia, no dia 7 de junho, em São Lourenço da Mata, no Grande Recife.

$ads={1}


Segundo a PCPE, os funcionários estavam em um estabelecimento da cidade para realizar o corte de eletricidade. Eles estavam no carro da Companhia quando dois homens desconhecidos chegaram em uma motocicleta e realizaram disparos de arma de fogo contra as vítimas.

Os suspeitos foram presos dentro da operação de intervenção tática intitulada "Nobreak". Até o momento, a delegada Thayná Fioresi, responsável pelo caso, ainda não divulgou mais informações.


Funcionário da Celpe assassinado

Na do dia 7 de junho, um funcionário da Celpe foi assassinado e outro foi ferido, na Avenida Oito de Maio, no bairro de Chã de Tábua, em São Lourenço da Mata, no Grande Recife. De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, as vítimas estavam trabalhando em uma inspeção no momento do crime.

Ainda segundo a PCPE, os dois foram até um estabelecimento comercial local para realizar o corte de eletricidade. Eles estavam no carro da Companhia quando dois homens desconhecidos chegaram em uma motocicleta e realizaram disparos de arma de fogo contra as vítimas.

A vítima de 39 anos morreu no local, já o outro funcionário ferido foi levado para o Hospital Petronila Campos, em São Lourenço, e depois transferido para o Hospital Otávio de Freitas (HOF), na capital pernambucana. Ao JC Online, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informou que o estado de saúde dele é considerado estável.

Em nota, a Celpe classificou a ação como "mais um ato de violência injustificável contra uma equipe de inspeção da empresa". Os homens estavam fiscalizando medidores de energia, o consumo das residências e o funcionamento das redes elétricas. "A Companhia informa que está prestando o apoio necessário à família da vítima e ao colaborador hospitalizado. As circunstâncias em que ocorreu o crime, em São Lourenço da Mata, ainda estão sendo apuradas", diz o texto.

$ads={2}

Com informações do JC Online

Inscreva-se no canal do Mídia em Ação no Youtube e visite as nossas páginas no Facebook, Twitter, Instagram e Vimeo!

Deixar comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Continua depois da publicidade

Publicidade