Facebook SDK

Caso aconteceu nesta sexta-feira (17) no bairro de Monte Gordo, em Camaçari, região metropolitana de Salvador. Wandemberg Luís foi morto em agosto deste ano, na BR-232, em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco.

Suspeito de roubos a banco e de participar da morte de PM em Arcoverde morre após confronto na Bahia
Policial militar Luís Wandemberg morreu após ter sido baleado em Arcoverde — Foto: Facebook/ Reprodução

Um homem suspeito de roubos a banco e de participar da morte do policial militar Wandemberg Luís, em agosto deste ano, na BR-232, em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, morreu nesta sexta-feira (17) após um confronto com policiais, no bairro de Monte Gordo, em Camaçari, região metropolitana de Salvador.

$ads={1}

Veja também

Segundo informações da Polícia Civil da Bahia, o homem, que era considerado chefe de um grupo criminoso, era um dos alvos prioritários da Polícia Judiciária de Pernambuco. Ele também é apontado por outros homicídios, tráfico de drogas, além de crimes contra o patrimônio.

De acordo com a polícia, o suspeito estava em uma casa, onde houve o confronto. O homem foi baleado, socorrido por policiais do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e levado para uma unidade de saúde, mas não resistiu.

O diretor do Draco, delegado José Bezerra Júnior, informou que existe uma possível participação do suspeito em ataques na Bahia.

“Foram mais de três semanas de investigação. Nós já estávamos acompanhando e apurando a possível vinculação dele e de seus comparsas em ataques a instituições financeiras no nosso estado”, afirmou.


Suspeito de roubos a banco e de participar da morte de PM em Arcoverde morre após confronto na Bahia
Suspeito de roubos a banco e de participar da morte de PM em Pernambuco morre após confronto na Bahia — Foto: Ascom-PC / Haeckel Dias

A Polícia Civil de Pernambuco oferecia uma recompensa de R$ 2 mil por informações que pudessem levar ao paradeiro do homem.

O suspeito estava com três documentos de identificação e um de CPF falsificados. Com ele, foram apreendidos um revólver calibre 38 municiado, porções de maconha, drogas sintéticas e uma balança de precisão.


Equipes do Draco e da Coordenação de Operações Especiais (COE), realizaram a ação, com o auxílio da Polícia Civil de Sergipe, por meio do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE) e da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (DIPOL) nas investigações.


MORTE DO PM

O policial militar, identificado como Wandemberg Luís, morreu após ter sido baleado por um grupo criminoso no dia 4 de agosto, na BR-232, em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco.

Segundo informações da Polícia Civil de Pernambuco, um homem foi ferido no local e chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Outros dois foram mortos em uma troca de tiros com a polícia na zona rural de Pedra, no Agreste. Um quarto criminoso conseguiu fugir.

O grupo estava em um carro na rodovia e começou a atirar quando percebeu a presença da polícia no local. Luís foi atingido na cabeça e, em seguida, foi levado para o Hospital Regional de Arcoverde.

Em seguida, uma ambulância fez a transferência do policial para o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru, mas ele já estava morto quando deu entrada na unidade.

No dia 20 de agosto, a Polícia Civil de Pernambuco afirmou que outro suspeito envolvido na morte do policial militar morreu. Cícero Bezerra de 35 anos estava internado no hospital da região após ter sido atingido por tiros durante a ação policial.

$ads={2}

Com informações do G1 Bahia

Inscreva-se no canal do Mídia em Ação no Youtube e visite as nossas páginas no Facebook, Twitter, Instagram e Vimeo!

Deixar comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Continua depois da publicidade

Publicidade