Semelhança entre serial killer do DF e assassino de Beatriz levanta suspeita na internet

A cronologia dos crimes cometidos pelo serial killer do DF descarta seu envolvimento no assassinato da menina Beatriz Mota

Semelhança entre serial killer do DF e assassino de Beatriz Mota levanta suspeita na internet
Foto: Reprodução/ Internet

Após o surgimento de fotos sensuais do psicopata, Lázaro Barbosa, que usava as fotos para enganar possíveis vítimas nas redes sociais, a semelhança com o retrato falado do suspeito de assassinar a menina Beatriz Mota, acendeu esse debate na internet, mas precisamente no perfil do Instagram do 'Pronto Faley' (@prontofaleyyy). A suspeita dividiu opinião dos internautas. As fotos sensuais do psicopata foram divulgadas pelo (Jornal de Brasília).

$ads={1}

Publicação no Instagram



A polícia fez cronologia dos crimes Lázaro:

  • 2013: laudo psicológico feito na Papuda descreve Lázaro como “psicopata imprevisível”, com comportamento agressivo, impulsivo, instabilidade emocional e falta de controle e equilíbrio.
  • Em março de 2014; ele teve a prisão convertida para regime semiaberto. Que significa que ele tinha o direito de trabalhar e fazer cursos fora da prisão durante o dia, mas deve retornar à unidade penitenciária à noite.
  • A menina Beatriz Mota foi assassinada, em 2015, no dia 10 de dezembro, por volta das 22h, dentro de uma sala desativada no colégio particular em que estudava.
  • Em 2016, Lázaro fugiu da Papuda.
  • 2018: Lázaro foi preso em Águas Lindas de Goiás, em cumprimento de três mandados de prisão por homicídio qualificado, porte ilegal de arma de fogo, roubo e estupro;
  • 23 de julho de 2018: Lázaro fugiu de Águas Lindas de Goiás.

A cronologia dos crimes de Lázaro descarta a suspeita no caso Beatriz Mota.

Crimes de Lázaro em sua cidade natal

O matador fez suas primeiras vítimas em 2007, quando perseguia uma garota por quem havia se apaixonado. Dois trabalhadores rurais tentaram ajudar a moça e acabaram mortos. Nas redes sociais, o baiano está sendo chamado de “serial killer do DF”.

À época, Lázaro passou quase 15 dias escondido numa serra enquanto policiais tentam capturá-lo. A capacidade de ele se esconder, aliada à violência dos crimes, criou um boato na cidade de que Lázaro havia feito um pacto com o diabo. Sendo verdade ou não, a Polícia Civil informou que o acusado do duplo homicídio foi preso na ocasião do crime, após se apresentar na delegacia. “Ele conseguiu fugir cerca de 10 dias depois, sendo considerado foragido desde então”, diz nota da polícia.

Até então, o que há de concreto sobre a ficha criminal de Lázaro é que, além das mortes em Barra do Mendes, o o assassino matou quatro pessoas de uma mesma família em Ceilândia no último dia 9 de junho e baleou outra pessoas em Goiás três dias depois.


Relembre o caso Beatriz


Beatriz Mota, 7, foi encontrada morta dentro do Colégio Maria Auxiliadora, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, no dia 10 de dezembro de 2015. Após se afastar da família para beber água, a garota desapareceu e seu corpo foi encontrado cerca de 40 minutos depois, vítima de 42 golpes de faca dentro de um depósito de material esportivo.

A criança estava acompanhada dos seus pais, Lúcia Mota e Sandro Romilton Ferreira, além de outros familiares, na formatura de sua irmã, Samira Angélica Mota. Durante a celebração, que acontecia na quadra esportiva da escola, Beatriz permaneceu com o seu grupo até às 22h, quando pediu a mãe para beber água no bebedouro do colégio, que fica na parte inferior da arquibancada onde estava com a família. Após se dirigir ao bebedouro a criança não foi mais vista.

Cerca de vinte minutos depois da saída da menina, a mãe resolveu procura-la. Sem sucesso, às 22h40, o pai da criança vai ao palco e faz um apelo ao microfone chamando a filha, e as buscas são intensificadas. O corpo da criança foi encontrado por volta das 22h45, dentro de um depósito desativado, ao lado da quadra onde acontecia a formatura.

O corpo de Beatriz tinha 42 ferimentos de faca no tórax, braços e pernas. A faca do crime estava ao lado do corpo.

$ads={2}

Pesquisa do Mídia em Ação, com informações do G1, Correio 24 Horas e FolhaPE

Inscreva-se no canal do Mídia em Ação no Youtube e visite as nossas páginas no Facebook, Twitter, Instagram e Vimeo!

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE