Facebook SDK

Dupla sertaneja vendeu a aeronave em 9 de julho de 2020 para a empresa PEC Táxi Aéreo

Avião em que Marilia Mendonça sofreu o acidente já pertenceu a Henrique e Juliano
Foto: Reprodução

Após três dias do trágico acidente aéreo, que levou a morte de Marilia Mendonça, seu tio e assessor, seu produtor, o piloto e co-piloto, a assessoria de imprensa da artista divulgou alguns fatos sobre o que aconteceu.

Veja também

O avião da PEC Táxi Aéreo, que Marilia Mendonça estava, já pertenceu à Henrique & Juliano, mas foi vendido para a empresa em 2020, no mês de julho. O modelo da aeronave era um C90A, da série LJ-1078, pouso convencional e 2 motores turbo-hélice. A dupla compareceu ao velório da grande amiga e estavam bem emocionados com a perda.

Inicialmente, a mesma assessoria comentou que todos estavam bem e, inclusive, Marilia Mendonça havia sido resgatada. Mas, algum tempo depois, a morte dos tripulantes foi divulgada nos canais jornalísticos.

Confira outras informações sobre o acidente que causou a morte da cantora Marília Mendonça.

Com informações do Social1

Deixar comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Continua depois da publicidade

Publicidade